Profissionais do Cosplay: Kayo Corner

 

kayo corner header.jpg
Créditos: Nathan Gey Photography

interview englishNo mundo nerd, poucos hobbies são tão icônicos quanto o cosplay. Seja em convenções, flash mobs ou mesmo trailers de games, a arte de mimetizar aparências e interpretar personagens se tornou parte inseparável do nosso meio.

Alguns, contudo, ousaram ir além. Vários cosplayers conseguiram realizar aquele que, com certeza, é o sonho de todos nós: fazer daquilo que mais amamos um trabalho.

Continuar lendo Profissionais do Cosplay: Kayo Corner

“Helter Skelter”: o culto às aparências é muito mais forte do que imaginamos

helter skelter

Até onde você iria por uma aparência perfeita?

Hoje em dia, é provável que a resposta seja “não muito longe”. Poucas coisas são marcas mais fortes da nossa geração do que a crítica à beleza a todo custo. “Come as you are “tornou-se um lema para a forma como nos relacionamos com a moda, com a etiqueta e com nossos próprios corpos.

Se isso fosse realmente verdade, é pouco provável que Helter Skelter, mangá vencedor do prêmio Osamu Tezuka em 2004, lançado recentemente no Brasil, fizesse tanto sucesso.

Continuar lendo “Helter Skelter”: o culto às aparências é muito mais forte do que imaginamos

Os animes são uma mídia para adultos? (Parte 2)

otaku girl.jpg

Na semana passada, eu me reuni ao Fábio Godoy do Anime 21, Diego Gonçalves do É Só Um Desenho e Vitor Seta do Otaku Pós-Moderno para responder a uma pergunta que todos já ouvimos diversas vezes.

Os animes que tanto curtimos são, de fato, um entretenimento para adultos?

Nessa semana, Cat Ulthar do Dissidência Pop e Kouichi Sakakibara do Animes Tebane se uniram a nós para refletir sobre a reputação dos desenhos japoneses, ora tidos como “coisa de criança”, ora como “diversão madura”.

E o que, em um caso ou no outro, estaria por trás dessa “maturidade”.

Continuar lendo Os animes são uma mídia para adultos? (Parte 2)

Os animes são uma mídia para adultos? (Parte 1)

 

adult watching anime.jpg

Para nós, otakus ocidentais, a pergunta parece absurda. Não é raro encontrar comentários de que a animação japonesa é o território para “mentes maduras”, uma luz no fim do túnel em meio à infantilidade grudenta de Hollywood.

De fato, do nosso lado do Pacífico os animes não apenas conquistaram um público devoto entre os maiores de idade. Eles se consagraram como a animação “para adultos” por excelência.

Por incrível que pareça, nem todos concordam com isso. E não falo de desafetos da animação japonesa, mas de alguns de seus maiores fãs e divulgadores.

Continuar lendo Os animes são uma mídia para adultos? (Parte 1)

Um passeio pelo mundo das figures

figures madoka.jpg

Quando pensamos em otakus, poucos símbolos são mais universais do que figures colecionáveis.

Seja na realidade, seja na ficção, prateleiras cheias de miniaturas de plástico se tornaram a prova de que o anime, para seu dono, é mais do que um simples passatempo.

Continuar lendo Um passeio pelo mundo das figures